quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

ÁGUA É MOLE E PEDRA É DURA, TANTO BATE ATÉ QUE FURA, DIZ O VELHO DITADO. ATÉ QUE EM FIM DR, A JUSTIÇA CUSTOU, DEMOROU, TARDOU MAS NÃO FALHOU, A BOMBA JÁ ESTOUROU, A DIRETORIA DE CURIÓ, ARNALDO JORDY , VALE E COILOSSUS, FEITA A FACÃO NAS COXAS PELA INTERVENÇÃO, CAIU. O TJE-PA DE BELÉM DEFINITIVAMENTE DERRUBOU, VEJA NA MATÉRIA ABAIXO, A PROVA DISSO E OS DETALHES.

_________________________________________________________________________________________
É ISSO AÍ MINHA GENTE, AGORA DEPOIS QUE A ONÇA ESTÁ DEFINITIVAMENTE MORTA, JÁ SE VÊ QUE VAI APARECER MUITOS ELEMENTOS ESPERTOS, PRA NÃO DIZER OPORTUNISTAS, DIZENDO QUE FOI ELE QUEM DEU O TIRO CERTEIRO QUE VITIMOU A FERA. MAS QUANDO EU DIZIA AQUI NO SERRAMIL, LOGO DESDE O COMEÇO, QUE AQUELA ELEIÇÃO FAJUTA NÃO TINHA A MENOR CONDIÇÃO DE SE SUSTENTAR DE PÉ PORQUE ERA PORCA, MAIS SUJA DO QUE POLEIRO DE PATO, CHIQUEIRO DE PORCOS E TÁBUA DE PAPAGAIO, DIZIAM QUE EU ERA DOIDO, FOFOQUEIRO E MENTIROSO, E QUE EU SÓ DIZIA ISSO PORQUE ESTAVA DESPEITADO E COM DOR DE COTOVELOS PELO CARGO DE PRESIDENTE DA COOMIGASP. QUE TINHA ME ESCAPADO DAS MÃOS, E AGORA JOSÉ?, JOSÉ PARA ONDE, EM? ONDE É QUE VÃO ENFIAR A CARA, OS QUE ME CONTESTARAM E ME DIFAMARAM?. POR ISSO MAIS UMA VEZ EU DIGO, AI DE QUEM SE METER CONTRA O SERRAMIL, QUE EM TERMOS DE COOMIGASP E SERRA PELADA AINDA É O MELHOR DO BRASIL, E ISTO POR UM SIMPLES FATO, O DE QUE NUNCA MENTIU. A ÚNICA VEZ QUE PARECIA, APENAS PARECIA TER ERRADO, MAS ETÁ BEM AQUI O RESULTADO POSITIVO E CONCRETO, LEIA E VEJA DE PERTO PRA PODER CONTAR DE CERTO.
_________________________________________________________________________________________
FINALMENTE, EMBORA TARDIAMENTE A JUSTIÇA DO PARÁ ESTÁ SE REDIMINDO, FAZENDO JUSTIÇA E CORRIGINDO OS GRAVÍSSIMOS ERROS E INJUSTIÇAS QUE ELA MESMA COMETEU:

Água é mole e pedra é dura, mas se agente não desistir de bater, um dia ela fura. Foi exatamente isso o que aconteceu com a conturbada direção da Coomigasp no âmbito político e principalmente do Judiciário do Pará. No dia 02 deste mês de fevereiro de 2016, a terceira câmara cível isolada do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, decidiu por 06, seis votos a zero pela derrubada, tanto da Diretoria Administrativa quanto do Conselho Fiscal, inclusive da intervenção que a engendrou, fabricou e elegeu na base da pouca, ou nada de vergonha, na falcatrua braba.


AÍ SE PERGUNTA, E AGORA COMO VAI SER DAQUI PRA FRENTE? O QUE VAI ACONTECER DE IMEDIATO?

Pela experiencia que temos sobre este tipo de caso, entendemos que deve haver uma eleição já-já, mas vem a outra pergunta, e quem é que vai convocar e realizar esta eleição?. Ao nosso ver e também por uma questão de bom senso, achamos mais plausível, conveniente e seguro, não ser nenhuma das diretorias anteriores nem posterior a intervenção nem dela mesma que assuma, para que nenhuma chapa seja apadrinhada em detrimento de outras, como foi o que aconteceu nas últimas 03, três eleições que foram convocadas, realizadas e efetuadas por grupos antagonicamente  rivais e corruptos.

portanto, entendemos que a Justiça não dê, nem considere posse de ninguém que se diga diretoria e queira assumir para manipular as eleições em favor de si, como fizeram: Gessé, Vitor e ultimamente o interventor e o é de nada, ombreados e instruídos pelo deputado Jordy, pelos promotores Helio Rubens e Nelson Medrado. Então, somos a favor de que a justiça nomeie uma comissão provisória, ou junta governativa como queiram chamar, a qual seja neutra, independente e autônoma em relação a todos os grupos e facções que se envolverem na concorrência pela eleição da Coomigasp, a qual poderá e deve ocorrer dentro dos próximos 60 dias.

ENTÃO SURGE LOGO UMA OUTRA PERGUNTA BEM PERTINENTE, QUANTAS CHAPAS DEVERÃO CONCORRER NA DISPUTA PELA DIREÇÃO DA COOMIGASP NESTA ELEIÇÃO?

Bem, isso aí por enquanto é imprevisível. Arriscarei apenas um palpite que poderá finalmente não se configurar com exatidão de 100% ok?. É o seguinte: A princípio para o conselho administrativo poderão aparecer umas 04 ou 05 chapas disputando o registro junto a comissão eleitoral, cuja comissão vai ser montada e estabelecida pelos convocantes da referida eleição mas, finalmente acho que no máximo 03, três conseguirão ser validadas e disputar de fato a eleição para, e entre elas estará com certeza a chapa do grupo SERRAMIL que é a nossa, comigo na cabeça.

Quanto ao Conselho Fiscal, Acho que deverão aparecer umas 03 ou 04 querendo, mas ao final acho que só umas duas deverão conseguir legalizar-se e realmente disputar o C.F neste pleito que se aproxima. Isto porque é muito difícil para qualquer grupo por grande e forte que seja, encontrar o número suficiente de associados em dia com todas as suas obrigações estatutárias, de tal forma que possam concorrer todas as vagas dos dois conselhos sem infringir nenhum item do estatuto em vigor. vejam abaixo, a copia da última e definitiva sentença do Tribunal sobre esta questão em fim resolvida, faltando apenas o referendo da vara federal de Marabá. ok?. E tenho dito. 

   
    








        

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

O SERRAMIL VOLTA A BAILA COM FORÇA TOTAL. O GARIMPO DO CALDEIRÃO FECHOU MAS O SONHO DOURADO NÃO MORREU, NEM A ESPERANÇA ACABOU AFINAL.

_________________________________________________________________________________________
ENGANOU-SE REDONDAMENTE QUEM PENSOU QUE O COMBATIVO SERRAMIL HAVIA FRAQUEJADO NA LUTA E GUARDADO A BORDUNA NA MOITA, LEDO ENGANO, O MOTIVO DO LONGO JEJUM SEM MATÉRIAS, É QUE EU COMO REDATOR, ARTICULADOR E APRESENTADOR DESTE BLOG, PASSEI TODO ESSE TEMPO SEM QUALQUER ACESSO Á INTERNET, POR ESTAR EM ÁREAS SEM COBERTURA DE SINAL OK?, AINDA ANDEI QUASE PERDENDO MEU COMPUTADOR NOTBOOK, O QUAL LEVOU ALGUMAS QUEDAS QUE O DANIFICOU, MAS EMBORA PRECARIAMENTE AINDA ESTÁ FUNCIONANDO OK?. AGORA ESTAMOS AQUI PISANDO FIRME NO BATENTE, BOTANDO QUENTE E BOLAS PRA FRENTE, QUEM ESTIVER A NOSSA FRENTE E FOR FRACO OU SALIENTE, QUE SE AGUENTE OU SE ARREBENTE.  
_________________________________________________________________________________________

Em que pese o cumprimento de uma nova medida judicial da Justiça Federal de Cáceres-MT evacuando o garimpo já pela terceira vez, entretanto as esperanças dos que sonham em melhorar a vida através do garimpo da Serra do Caldeirão ainda continua de pé, isto em função de que aquela área que é ricamente mineralizada, parece estar livre para concessão através do órgão competente, no caso o D.N.P.M, Departamento Nacional de Produção Mineral.

A chance de legalização do referido garimpo é grande, em função de que existem vários grupos empresariais fortíssimos, interessados em conseguir junto ao D.N.P.M a concessão para explora-lo, entre eles tem 03, três Cooperativas disputando com favoritismo constitucional, baseado no Art, 174. parágrafos: 1º, 2º, 3º e 4º  da Constituição Federal que diz: Os garimpeiros terão prioridade onde estiverem organizados em Cooperavas.

Eu, estive conversando demoradamente com um diretor de uma delas, a MINACOOP, Sr. Zé Lima, o qual me disse acreditar firmemente na legalização do garimpo em favor da categoria garimpeira, inclusive me mostrou copias de três requerimentos já protocolados no D.N.P.M revindicando áreas riquíssimas, para os garimpeiros trabalharem livremente sem problemas com a lei e a justiça, cujos Nºs de protocolos são estes: 1º, 866.528/2015, o 2º, 866.529/2015 e o 3º é, 866.561/2015.

Estive conversando também com o advogado de uma outra Cooperativa aqui de Pontes e Lacerda, Dr. Wilson Donizete, da COOPERPONTES, o qual também me disse empolgadamente acreditar na legalização do Garimpo da Serra do Caldeirão, e confidenciou em detalhes as rasões pelas quais acredita confiantemente na tão esperada legalização daquela área para livre garimpagem para a nossa tão sofrida categoria.
_________________________________________________________________________________________
ENQUANTO ISSO, A NOSSA SAUDOSA COOMIGASP SÓ TEM DEIXADO A DESEJAR, SE DE UM LADO O PRESIDENTE É DE NADA AINDA NÃO FEZ DE FATO NADA, A NÃO SER CUMPRIR AS ORDENS DE SEUS GURÚS E PAIS POLÍTICOS, CURIÓ E ARNALDO JORDY, QUE SE CONFUNDEM COM OS INTERESSES DA COLOSSUS E VALE,  QUE AO LONGO DE TODO ESSE TEMPO, TÊEM AGIDO CONSPIRANDO CONTRARIAMENTE OS INTERESSES DOS SOFRIDOS E ENGANADOS GARIMPEIROS, INCLUSIVE AOS MORADORES DE SERRA PELADA, OS QUAIS ALÉM DE JÁ TEREM SIDO USADOS TANTAS VEZES COMO MASSA DE ARDILOSAS MANOBRAS, AGORA ULTIMAMENTE FORAM USADOS, E PLANEJA-SE USA-LOS NOVAMENTE COMO REDUTO E CURRAL ELEITORAL NAS ELEIÇÕES DE PREFEITO DESTE ANO, CUIDADO GARIMPEIROS, E CUIDADO MORADORES DA SERRA.

POR OUTRO LADO OS DIRETORES QUE SE DIZEM FAZER OPOSIÇÃO A ESSA SITUAÇÃO DE DESMANDO E MARASMO, NÃO SEI ATÉ QUANDO VÃO FICAR SÓ RECLAMANDO DE DENUNCISMO CONTRA O PRESIDENTE, E COM ISSO EMBORA CONFIRMANDO TUDO QUANTO EU DENUNCIAVA ATRAVÉS DO SERRAMIL DESDE O COMEÇO, PELO QUE ELES SE ZANGAVAM, FALAVAM MAL DE MIM E ME DESMENTIAM. ENTÃO, JÁ QUE ATÉ QUE EM FIM RECONHECERAM QUE ESTAVAM ERRADOS E EU É QUEM ESTAVA E AINDA ESTOU CERTO, PERGUNTA-SE, PORQUE NÃO JÁ TOMARAM UMA ATITUDE DRÁSTICA? JÁ QUE SÃO MAIORIA NO CONSELHO, PARA PELO MENOS TENTAR MUDAR ESSA TRISTE REALIDADE? A QUAL ESTAMOS TODOS JÁ CANSADOS DE ASSISTIR DE GALERIA DESCOBERTA.

ESTOU AVISANDO, E QUEM AVISA AMIGO É, SE NÃO AGIREM RÁPIDO VÃO TODOS, CAIR JUNTOS, PORQUE O POVÃO, INCLUSIVE A JUSTIÇA NÃO AGUENTAM MAIS ESPERAR, SÓ VENDO O TEMPO PASSAR, E OUTRA ASSEMBLEIA DE ARRECADAÇÃO SE CONVOCAR, E NOVAS MENTIRAS CABELUDAS SE INVENTAR, SEM NADA DE CONCRETO SE REALIZAR, E A MESMA SITUAÇÃO CONTINUAR, NÃO VAI SÓ CAIR DO CAVALO, VAI CAIR COM CAVALO E TUDO QUEM NESSE CONTINUÍSMO APOSTAR, TANTO QUEM CRER COMO QUEM DUVIDAR, PRA VER É SÓ ESPERAR, A BOMBA JÁ VAI ESTOURAR. E TENHO DITO. 

  
      

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

A NOSSA PREVISÃO ESTAVA CERTA SOBRE O NÃO FECHAMENTO IMEDIATO DO GARIMPO DA SERRA DO CALDEIRÃO EM PONTES E LACERDA MT, COMO ESPECULARAM TANTO NEGATIVAMENTE, PRIMEIRO LANÇARAM O MAU AGOURO PARA OS DIAS 9 E 10 DE DEZEMBRO DE 2015, LOGO DEPOIS PARA OS DIAS 15 E 16 DO MESMO MÊS DE DEZEMBRO DE 2015, E ULTIMAMENTE LANÇARAM O MAU PRESSÁGIO PARA DE CERTEZA NOS DIAS 4 E 5 DE JANEIRO DE 2016, PORÉM FOI E É TUDO MERAMENTE ESPECULATIVO E NADA DE OFICIAL E AFIRMATIVO CONFORME PUBLICAMOS CORAJOSA, ANTECIPADO E AFIRMATIVAMENTE NA MATÉRIA LOGO ANTERIOR A ESTA AQUI NO SERRAMIL, CONFIRA NESTA MATÉRIA A SEGUIR.



_____________________________________________________________________________



União e Estado tem 15 dias para apresentar projeto de desocupação de garimpo em Pontes e Lacerda
_________________________________________





A União e o Estado de Mato Grosso têm 15 dias para apresentar à Justiça Federal um projeto articulado com medidas concretas e eficazes para desocupação e isolamento da área onde se instalou o garimpo ilegal na Serra da Borda, na região de Pontes e Lacerda. No mesmo prazo, também deverá ser apresentado um plano com as medidas necessárias para manutenção da força de segurança na área para evitar que a desocupação seja inócua. As obrigações constam em decisão liminar proferida no sábado (26) em ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual.


Na decisão, a juíza Ana Lya Ferraz da Gama Ferreira determinou que, após a apresentação do plano, as medidas sejam concretizadas no prazo de 15 dias. O descumprimento da liminar implicará em pagamento de multa diária de R$ 100 mil. “As medidas deverão ser concretizadas com a prudência que o caso requer, destacando-se o fato de que são muitas pessoas, dentre os quais se encontram mulheres, idosos e crianças”, destacou a magistrada.

ATUAÇÃO: Em outubro, o MPF ajuizou uma ação contra as três mineradoras (Taraucá, Santa Elina e Serra da Borda) que entraram com pedido de lavra junto ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e contra os três proprietários da área onde o garimpo está localizado (Joaquim Onofre de Oliveira, Sebastião Freitas de Azambuja e Celso Luiz Fante). A justiça atendeu ao pedido do MPF e determinou a desocupação da área e a permanência da polícia no local por apenas dez dias.

Uma semana depois da saída da polícia da área o garimpo foi novamente ocupado. Diante da gravidade da situação, o MPF reiterou, no dia dez de dezembro, o pedido feito em outubro para que o Ministro da Justiça se manifestasse quanto a presença da Força Nacional ou do Exército para auxiliar na desocupação e isoladamente do garimpo, mas até o momento não há nenhuma resposta por parte do Ministro. Insegurança – Além da desocupação da área do garimpo, a nova ação proposta pelo MPF e MPE pede que a União e o Estado adotem medidas de segurança interna para todo o município de Pontes e Lacerda.

Os relatórios de inteligência da polícia indicam a presença de muitas pessoas armadas na área de garimpo, a prisão de 11 homens pelo crime de usurpação de patrimônio da União; dois ferimentos a bala e uma criança de 13 anos levou um tiro na cabeça. O autor do disparo foi torturado e linchado. A grande concentração de pessoas no garimpo leva para o local traficantes de droga. Um traficante internacional de drogas foi preso com pouco de cinco quilos de cocaína trazida da Bolívia.

Fonte: MPMT
___________________________________________________________________

e com a nossa serra pelada no pará aconteceu a mesma coisa em relação a nós, a nossa previsão foi certíssima, já se foi mais um ano de pura demagogia, falsas promessas e enrolação de sobra. vamos torcer que 2016 seja diferente, só que eu duvido que na direção atual haja mudanças para melhor. eu quero estar errado pelo menos eta vês, se estiver certo novamente vamos agir e com firmeza de propósito, pra valer. um feliz 2016 para todos nós, e tenho dito.   

sábado, 19 de dezembro de 2015

O GARIMPO DA SERRA DO CALDEIRÃO EM PONTES E LACERDA MT NOS PARECE NÃO FECHAR MAIS AGORA EM DEZEMBRO DE 2015 COMO ESTAVA PREVISTO, SÓ DEPOIS DO DIA 15 DE JANEIRO DE 2016 E É TALVEZ, POIS A COOPERATIVA MINACOOP, A QUAL JÁ FEZ O REQUERIMENTO DA REFERIDA ÁREA EM QUESTÃO NO DNPM JÁ FOI CHAMADA A BRASÍLIA PARA MAIS UMA RODADA DE NEGOCIAÇÕES PARA TENTAR RESOLVER O PROBLEMA.


JUSTIÇA SEJA FEITA, PELO MENOS ESTA VÊS, OS GARIMPEIROS SEM ENTRAR NO MÉRITO  DE MERECER OU NÃO, NÓS ANTES DESSA CRISE FINANCEIRA NACIONAL JÁ PRECISÁVAMOS E MUITO DESSE GARIMPO E MUITO, E AGORA MAIS AINDA, SÓ QUEREMOS SUPRIR NOSSAS NECESSIDADES TRABALHANDO E AJUDANDO O PAÍS, PARA MAIS UMA VÊS SAIR DA CRISE.  

__________________________________________

MESMO SEM MANDADO JUDICIAL POLÍCIA CONTINUA PERSEGUIÇÃO IMPLACÁVEL A ESSA CATEGORIA DE TRABALHADORES, OS GARIMPEIROS, VEJA A SEGUIR.

Dois homens com materiais de garimpo são presos em Pontes e Lacerda

Dois homens acusados de crime contra o meio ambiente foram presos em flagrante na terça-feira (15), em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste). Os acusados D. A. N. S., 41, e M. P. R., 60, foram flagrados com sacos com grande quantidade de terra e ferramentas utilizadas na atividade do garimpo.

A prisão foi realizada após a equipe de investigadores de Pontes e Lacerda receber informações de que, em uma caminhonete preta, cabine dupla estava sendo transportadas armas utilizadas na região do garimpo. Em diligências no bairro Glória, na saída da estrada do Matão que dá acesso ao garimpo, policiais avistaram o veículo todo sujo, como se tivesse trafegado pela estrada de chão.

Na abordagem dos suspeitos, próximo ao posto Rondon, policiais encontraram em buscas no veículo ferramentas utilizadas na atividade de garimpo. O veículo e os investigados foram conduzidos a delegacia para uma busca mais detalhada.

No trajeto, D. A. N. S chegou a ameaçar um dos policiais, dizendo que era melhor jogar do lado dele, pois ele conhecia muitas pessoas na região. Questionado sobre a ameaça, o suspeito disse “Para bom entendedor, meia palavra serve”.

Em buscas na camioneta, no pátio da delegacia, policiais encontraram apetrechos quatro sacos de terra, além de apetrechos como pá, peneira, picaretas, entre outros, Interrogados, os acusados disseram que estavam levando a terra até o rio Guaporé para fazer a lavagem e encontrar algum minério.

M. P. R se apresentou como geólogo, mas quando questionado sobre a identificação profissional, disse que não era formado na área, mas que possui conhecimento de longo tempo trabalhando com solo em locais de garimpo. Após serem ouvidos, os acusados responderão pelo crime ambiental de executar pesquisa, lavra ou extração de recursos minerais sem a devida autorização.


Fonte: CircuitoMT